PROGRAMAÇÃO | 11 A 16 DE ABRIL DE 2017

COMUNICADO

Devido ao feriado da Semana Santa, o Mamam estará fechado para visitação do dia 14 ao dia 16 de abril de 2017. Com exceção dessas datas, estaremos funcionando regularmente.
Dúvidas e informações:
81 3355-6871 | mamam@mamam.art.br

EXPOSIÇÕES

unnamed-20-752x490

(Foto: Bruno Faria)

Salão térreo: Onde Estão Minhas Obras?
BRUNO FARIA
curadoria de Clarissa Diniz

Onde Estão as Minhas Obras? do artista Bruno Faria – com curadoria da curadora e crítica de arte Clarissa Diniz – parte de um olhar sobre a história e memória da própria instituição. Antes de ser Museu, o Mamam, era uma galeria de arte: primeiramente Galeria Metropolitana de Arte do Recife, depois Galeria Metropolitana de Arte Aloisio Magalhães, até sua configuração atual.
A exposição, parte de um acontecimento presenciado pelo próprio artista, em 1999, quando na abertura da individual do artista Arthur Ohmar, as obras deste não chegaram a tempo da abertura da mostra, perdendo-se no trajeto Rio de Janeiro/Recife, por um erro da transportadora que terceirizou para uma outra empresa o transporte das obras em um caminhão de transportes de galinhas. Durante a abertura, Arthur Ohmar revoltado causou uma grande euforia pixando as paredes do Museu.
Para a exposição, Bruno Faria retoma esse fato apresentando uma instalação desenvolvida especialmente para a mostra, que ocupa todo o salão térreo do Mamam.

17492464_1464360610252438_6039044975831378178_o

(Foto: Stefanie Hessler)

1º e 2º andares: Sugar and Seed
VÁRIOS ARTISTAS
curadoria de Stefanie Hessler

A história do Recife, a maior área metropolitana do Nordeste brasileiro, não pode ser contada sem a história do açúcar e da mão-de-obra. A cana-de-açúcar foi introduzida pela primeira vez no Brasil em 1532, importada pelos portugueses. Com a maioria das plantações situadas em Pernambuco, a colônia logo se tornou o principal produtor de açúcar de todo o mundo, acelerando a prosperidade econômica do país—ainda que somente compartilhada por alguns. Desde o início, os colonizadores europeus forçaram as populações indígenas a trabalhar nas plantações e, com o declínio do número de trabalhadores devido a doenças introduzidas pelos próprios colonos e por causa das terríveis condições de trabalho, os escravos eram cada vez mais importados da África Ocidental. A taxa de crescimento econômico se tornava assim num princípio ofuscante que se comprometera a renunciar todos os outros. Deste modo, o precipitado desenvolvimento agrícola e comercial da região persistiu na exploração da mão-de-obra humana. Continuar lendo…

SERVIÇO:
Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães (Mamam)
Endereço: Rua da Aurora, 265, Boa Vista, Recife/PE CEP: 50050 000
Exposição Onde Estão as Minhas Obras? de Bruno Faria, salão térreo
Exposição Sugar and Speed vários artistas, 1º e 2º andares
Duração: até a 21 de maio de 2017
Horário de visitação: segunda a sexta, das 12h às 18h, sábados e domingos, das 13h às 17h
ENTRADA GRATUITA

AGENDAMENTOS: as visitas educativas são gratuitas. Agendamento de grupos e escolas pode ser feito através do (81) 3355.6871 ou pelo e-mail educativo@mamam.art.br.

PALESTRAS

chamada_webaeso_02

O Formule acontece durante os meses de março, abril e maio, sempre na primeira terça-feira, às 14h. Os encontros são gratuitos e abertos ao público em geral.

Nos encontros são discutidos temas transversais aos setores da economia criativa que desafiam os empreendedores a desenvolver e adotar posturas que facilitem a identificação de oportunidades e a gestão de redes de cooperação. Cada encontro aborda uma temática, são elas: Arte & Tecnologia; Comunicação & Cultura e Comunicação e Convergência.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s