Bate-papo com Paulo André: o mercado independente da musica

arte_mamampauloandre

Em 1988 foi passar uma temporada na Califórnia, onde entrou em contato com o universo do rock em suas mais diversas manifestações. Ao voltar para Recife, abriu uma loja de discos, a Rock Xpress, passando a se envolver com as bandas locais de rock.
Foi criador e produtor do “Abril Pro Rock”, festival realizado anualmente em Recife desde 1993.
Realizou turnês brasileiras de artistas como Vive la Féte, Lee “Scratch” Perry, The Charlatans, dEUS, Jon Spencer Blues Explosion, Aterciopelados, entre outros.
Produziu artistas como Chico Science & Nação Zumbi, Cabruêra, DJ Dolores : Aparelhagem, Nação Zumbi, Siba e a Fuloresta, Cascabulho, entre outros. Realizou turnês internacionais com estes artistas pelo Canadá, Europa e Estados Unidos.
Foi co-produtor do Porto Musical, conferência internacional de música e tecnologia, que acontece desde 2005, em parceria com a Womex – World Music Expo. Fundador e ex vice-presidente da ABRAFIN -Associação Brasileira dos Festivais Independentes. Conselheiro do Porto Digital. Sócio da Astronave Iniciativas Culturais Ltda. Curador musical de projetos como Pixinguinha (2007 e 2008), Feira Música Brasil, Porto Musical, Abril Pro Rock, Womex – World Music Expo e The Rolex Menthor and Protégé Arts Initiative.
Curador e realizador da exposição “Gravuras Abril Pro Rock”, com participação de artistas e designers, como Derlon, Juliana Notari, Paulo Meira, Shiko, Silvia Rodrigues, Lin, Bicicleta sem Freio, entre outros.

Texto: Dicionário MPB

ENTRADA GRATUITA!

Anúncios

Esta semana no MAMAM Edição #21

EXPOSIÇÕES

INIMIGOS GIL VICENTE (ÚLTIMA SEMANA)

Exposição Inimigos do artista Gil Vicente, no salão térreo do museu. O Mamam foi vencedor do Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça/Funarte 2014 para acervos públicos do Brasil. O incentivo contemplou a série Inimigos, composta por 10 desenhos em carvão sobre papel. Antes de ser premiada, a série foi exibida em Recife, Natal, Campina Grande, Porto Alegre e na 29ª Bienal de São Paulo, em 2010. A mostra ficará em exposição até 16 de fevereiro de 2016.

CLUBE DE ARTE MODERNA (ÚLTIMA SEMANA)

A exposição Clube de Arte Moderna ocupa os 1º e 2º andares do museu.
O casarão do Mamam, que já foi a sede da Prefeitura do Recife, abrigou inicialmente, entre os anos de 1914 e 1937, o Clube Internacional Social e de Regatas do Recife. Retomando sua vocação original, estão todos convidados a exercitar a experiência do sensível perpassando pela história e memória do lugar.
Entre novembro de 2015 e fevereiro de 2016, seremos partícipes essenciais nessa retomada, que, sem dúvida, pede pausa para se relacionar com acontecimentos do porvir e incita, ao conjunto, introjetar e assimilar claramente esse desvio/deslocamento de lugar proposto pelo Clube de Arte Moderna.
Os convidados Dj Dolores, Evandro Q, Renato L, Mabuse e Educativo MAMAM, oferecem-nos ambientes sonoros ativadores dessa experiência.

OLINDA CERZIDA APRIGIO FONSECA e FREDERICO FONSECA

convw

No dia 27 (quarta-feira) haverá a inauguração da mostra do vídeo Olinda cerzida, no Aquário Hélio Oiticica – localizado no pátio do MAMAM -. No auditório do museu, às 19h, os artistas Aprígio e Frederico, farão um bate-papo sobre o trabalho apresentado na mostra. Para saber mais acerca do projeto Olinda cerzida leia AQUI.

Abertura da mostra “Olinda cerzida”, Aprigio Fonseca e Frederico Fonseca
Data: 27.01.2016
Hora: 19h
Rua da União, 88
Boa Vista, Recife-PE
Entrada gratuita
*Auditório com capacidade máxima para 50 pessoas!

VISITAÇÃO: de terça a sexta, das 12h às 18h, sábados e domingos, das 13h às 17h

AGENDAMENTO: as visitas educativas são gratuitas. Agendamento de grupos e escolas pode ser feito através do (81) 3355.6870 ou pelo e-mail educativo@mamam.art.br.

OFICINAS

12584019_791788354300891_1758574501_n

Este domingo (31.01) o Educativo MAMAM oferecerá uma Oficina de máscaras para pais e filhos das 14 às 16h. Para se inscrever envie um e-mail para educativo@mamam.art.br com seu nome completo e do seu filho ou filha e um número de telefone para contato. As inscrições são GRATUITAS! Vagas limitadas (10 inscritos)!

CONVITE “Olinda cerzida” Aprigio Fonseca Frederico Fonseca

convw

No dia 27 (quarta-feira) haverá a inauguração da mostra do vídeo “Olinda cerzida”, no Aquário Hélio Oiticica – localizado no pátio do MAMAM -. No auditório do museu, às 19h, os artistas Aprígio e Frederico, farão um bate-papo sobre o trabalho apresentado na mostra. Para saber mais acerca do projeto “Olinda cerzida” leia abaixo o texto dos artistas.

Em 2006, iniciamos uma série de intervenções em Olinda, “costuras” pontuais no manto roto da cidade. Nos granitos que formam os diques da praia do Carmo, pintamos arcos brancos sinalizadores que, mesmo de longe ou à noite, podiam ser vistos.
A escolha dos diques para o primeiro trabalho, ocorreu pela posição geográfica estratégica e também por termos acompanhado, na década de 60, sua construção e posterior alteração geográfica da praia, com o surgimento de um banco de areia na forma de arco. Daí termos optado por usar tal desenho nos blocos de granito.
O segundo trabalho (2007), foi o registro fotográfico da itinerância de um cubo por vários bairros. Com suas características geométricas, regulares e assépticas, essa escultura móvel contrastou com a arquitetura colonial das casas e igrejas, bem como com o ambiente informal e precário.
Com o subtítulo “Rua do sol”, no ano seguinte pintamos nas fachadas de algumas casas, sombras das portas, janelas e frisos. Tais sombras provocaram um clima metafísico, visto que, pintadas sobre um plano vertical (parede), transmitiram ao observador a sensação de estarem projetadas num plano transversal inexistente.
A caixa d’água da Sé foi o suporte escolhido para a intervenção em 2009. Edificação projetada em 1940 por Luiz Nunes, tornou-se um marco da arquitetura moderna em Pernambuco. Revestida nas faces frontal e posterior por cobogós (elementos vazados), resolvemos inserir nas aberturas, inúmeros saquinhos plásticos transparentes com água, sugerindo gotas, suor no corpo de concreto.
“Olinda cerzida” terá continuidade, sendo as futuras obras devidamente disponibilizadas neste espaço.

(Aprigio e Frederico)

Fonte: http://www.aprigioefrederico.com.br/

Abertura da mostra “Olinda cerzida”, Aprigio Fonseca Frederico Fonseca
Data: 27.01.2016
Hora: 19h
Rua da União, 88
Boa Vista, Recife-PE
Entrada gratuita
*Auditório com capacidade máxima para 50 pessoas!

ESTA SEMANA NO MAMAM! – EDIÇÃO #05

EXPOSIÇÕES

Continuam em cartaz as exposições Inimigos, de Gil Vicente, e Moderna para Sempre: fotografia modernista brasileira na coleção Itaú Cultural.

No salão térreo está sendo exibida a mostra Inimigos do artista Gil Vicente. O Mamam foi vencedor do Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça/Funarte 2014 para acervos públicos do Brasil. O incentivo contemplou a série Inimigos, composta por 10 desenhos em carvão sobre papel. Antes de ser premiada, a série foi exibida em Recife, Natal, Campina Grande, Porto Alegre e na 29ª Bienal de São Paulo, em 2010. A mostra ficará em exposição até 16 de fevereiro de 2016.

O 1º e o 2º andares do Mamam estão ocupados pela exposição Moderna para Sempre: Fotografia Modernista Brasileira na Coleção Itaú Cultural.

Depois de passar por dez cidades, incluindo Lima, Cidade do México e Assunção, a mostra itinerante Moderna para sempre chega a Recife com a aquisição de seis obras inéditas. Com curadoria de Iatã Cannabrava e projeto expográfico do arquiteto Frederico Teixeira, a exposição conta com a coleção completa de fotografia modernista da Coleção Itaú Cultural – 130 fotografias. São obras que remetem ao movimento modernista das décadas de 1940 a 1970, de nomes como José Yalenti, José Oiticica Filho, Geraldo de Barros, Marcel Giró, Thomaz Farkas, German Lorca, Ademar Manarini e Paulo Pires, pensadas para dar visibilidade à vertente fotográfica da coleção, que soma hoje aproximadamente 12 mil itens. A mostra ficará em exposição até 18 de outubro de 2015.

* Agendamento gratuito de grupos e escolas, com o Setor Educativo, através do (81) 3355.6870 ou pelo e-mail educativo@mamam.art.br.

EVENTOS

01/10/2015 – às 19h – Conversa com os curadores Agnaldo Farias e Valquíria Farias e o artista Gil Vicente

unnamed

03/10/2015 – às 16h – Antena Paraurora
O Antena Paraurora é um projeto cultural realizado pelo setor de Arte Educação do Museu, que une lazer à exibição de produção artes visuais, gastronomia, moda e música, sempre com curadoria dos educadores/mediadores do Mamam.

Antena modelo 2

SETOR EDUCATIVO

BULA: PROGRAMAÇÃO DO SETOR EDUCATIVO

cartaz-bula