E-mails Mamam: Aviso!

AvisoEmails

Anúncios

PROGRAMAÇÃO DE JULHO 2017

COLÔNIA DE FÉRIAS

arte_colonia-01

– Oficina de Carimbos, dia 10.07.17
– Oficina de Estamparia, dia 11.07.17
– Oficina Colando e Cantando, dia 12.07.17
– Oficina Entrelinhas da monotipia, dia 13.07.17
Faixa etária: 7 a 12 anos para todas as oficinas
Valor: R$40,00 pela colônia inteira (por criança).
Inscrição: Presencial no MAMAM até 07.07.17 (OBS: Horário de funcionamento para inscrições: Segunda a sexta 9h às 17h -exceto 12h às 13h- Sábados e domingos 13h às 17h.

Endereço: Rua da Aurora, 265 ou Rua da União, 88 – Boa Vista).


CURSO DE PRODUÇÃO EM ARTES VISUAIS

ADAH

Em julho teremos curso com Adah Lisboa, que irá apresentar aos participantes as especificidades da produção em Artes Visuais. Ao longo das aulas serão vistos os aspectos do trabalho do produtor, desde o entendimento do que é produção e do que faz um produtor, passando pelas etapas de elaboração, execução de projeto, profissionais envolvidos e desenvolvimento de cronograma e orçamento.

Para conferir a ementa da oficina CLIQUE AQUI.

Informações: educativo@mamam.art.br – 3355.6871
OBS.: Enviar comprovante de depósito para realizar inscrição.

LABORATÓRIO DE PROJETOS CULTURAIS

André

O workshop propõe oferecer a produtores e artistas orientações e assessoramento para a consolidação de projetos culturais de Artes Visuais e Fotografia destinados a editais de fomento. Será aplicada uma metodologia colaborativa e doctoring, adotando como estudos de caso propostas trazidas pelo grupo. Também serão abordadas as especificidades dos editais e problematizadas as fragilidades mais frequentes nas diversas etapas das com vistas ao estabelecimento de estratégias eficientes de pontuação, e consequente aprovação de projetos.

Para conferir a ementa da oficina CLIQUE AQUI.

Informações: educativo@mamam.art.br – 3355.6871

Inscrições: https://goo.gl/vs5GSE


CURSO DE DESENHO COM DANIEL SANTIAGO

 

DANIEL
Curso de Desenho com o artista contemporâneo Daniel Santiago:

O curso tem como principal objetivo ajudar os alunos a desenvolverem sua capacidade de desenhar objetos, retratos e paisagens, habilitando o aluno a usar o grafite com segurança e desembaraço, através de técnicas e exercícios executados dentro e fora dos espaços do museu.

Para conferir a ementa da oficina CLIQUE AQUI.

Informações: educativo@mamam.art.br – 3355.6871

INSCRIÇÃO PRESENCIAL NO MUSEU DE ARTE MODERNA ALOISIO MAGALHÃES, ATÉ 12.07.17 
OBS – Horário de funcionamento para inscrições: 
Segunda a sexta 9h às 17h (exceto 12h às 13h) 

Sábados e domingos 13h às 17h

End: Rua da Aurora, 265. Boa Vista (ou Rua da União, 88. Boa Vista). 

OFICINA DE SKETCHBOOK ARTESANAL
flyer-cAderno artesanal

Oficina de Sketchbook Artesanal com Tâmisa França
22 de julho – 14h – R$50,00
Para conferir a ementa da oficina CLIQUE AQUI.

CURSO “DA PINTURA À DIREÇÃO DE ARTE”

BIA PESSOA
“Da Pintura à Direção de Arte” se propõe a dar uma noção
geral ao aluno de como se relaciona uma equipe de
filmagem, tendo como partida a pintura e como ponto de

chegada a conceituação de um cenário.

Para conferir a ementa da oficina CLIQUE AQUI.

Informações: educativo@mamam.art.br – 3355.6871
OBS.: Enviar comprovante de depósito para realizar inscrição.

PROGRAMAÇÃO | 23 A 28 DE MAIO DE 2017

EXPOSIÇÕES (ÚLTIMA SEMANA)

17492464_1464360610252438_6039044975831378178_o

(Foto: Stefanie Hessler)

1º e 2º andares: Sugar and Seed
VÁRIOS ARTISTAS
curadoria de Stefanie Hessler

A história do Recife, a maior área metropolitana do Nordeste brasileiro, não pode ser contada sem a história do açúcar e da mão-de-obra. A cana-de-açúcar foi introduzida pela primeira vez no Brasil em 1532, importada pelos portugueses. Com a maioria das plantações situadas em Pernambuco, a colônia logo se tornou o principal produtor de açúcar de todo o mundo, acelerando a prosperidade econômica do país—ainda que somente compartilhada por alguns. Desde o início, os colonizadores europeus forçaram as populações indígenas a trabalhar nas plantações e, com o declínio do número de trabalhadores devido a doenças introduzidas pelos próprios colonos e por causa das terríveis condições de trabalho, os escravos eram cada vez mais importados da África Ocidental. A taxa de crescimento econômico se tornava assim num princípio ofuscante que se comprometera a renunciar todos os outros. Deste modo, o precipitado desenvolvimento agrícola e comercial da região persistiu na exploração da mão-de-obra humana. Continuar lendo…

unnamed-20-752x490

(Foto: Bruno Faria)

Salão térreo: Onde Estão Minhas Obras?
BRUNO FARIA
curadoria de Clarissa Diniz

Onde Estão as Minhas Obras? do artista Bruno Faria – com curadoria da curadora e crítica de arte Clarissa Diniz – parte de um olhar sobre a história e memória da própria instituição. Antes de ser Museu, o Mamam, era uma galeria de arte: primeiramente Galeria Metropolitana de Arte do Recife, depois Galeria Metropolitana de Arte Aloisio Magalhães, até sua configuração atual.
A exposição, parte de um acontecimento presenciado pelo próprio artista, em 1999, quando na abertura da individual do artista Arthur Ohmar, as obras deste não chegaram a tempo da abertura da mostra, perdendo-se no trajeto Rio de Janeiro/Recife, por um erro da transportadora que terceirizou para uma outra empresa o transporte das obras em um caminhão de transportes de galinhas. Durante a abertura, Arthur Ohmar revoltado causou uma grande euforia pixando as paredes do Museu.
Para a exposição, Bruno Faria retoma esse fato apresentando uma instalação desenvolvida especialmente para a mostra, que ocupa todo o salão térreo do Mamam.

SERVIÇO:
Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães (Mamam)
Endereço: Rua da Aurora, 265, Boa Vista, Recife/PE CEP: 50050 000
Exposição Onde Estão as Minhas Obras? de Bruno Faria, salão térreo
Exposição Sugar and Speed vários artistas, 1º e 2º andares
Duração: até a 28 de maio de 2017
Horário de visitação: segunda a sexta, das 12h às 18h, sábados e domingos, das 13h às 17h
ENTRADA GRATUITA

IMG_6348_1500

AGENDAMENTOS: as visitas educativas são gratuitas. Agendamento de grupos e escolas pode ser feito através do (81) 3355.6871 ou pelo e-mail educativo@mamam.art.br.

PROGRAMAÇÃO | 16 A 21 DE MAIO DE 2017

EXPOSIÇÕES

unnamed-20-752x490

(Foto: Bruno Faria)

Salão térreo: Onde Estão Minhas Obras?
BRUNO FARIA
curadoria de Clarissa Diniz

Onde Estão as Minhas Obras? do artista Bruno Faria – com curadoria da curadora e crítica de arte Clarissa Diniz – parte de um olhar sobre a história e memória da própria instituição. Antes de ser Museu, o Mamam, era uma galeria de arte: primeiramente Galeria Metropolitana de Arte do Recife, depois Galeria Metropolitana de Arte Aloisio Magalhães, até sua configuração atual.
A exposição, parte de um acontecimento presenciado pelo próprio artista, em 1999, quando na abertura da individual do artista Arthur Ohmar, as obras deste não chegaram a tempo da abertura da mostra, perdendo-se no trajeto Rio de Janeiro/Recife, por um erro da transportadora que terceirizou para uma outra empresa o transporte das obras em um caminhão de transportes de galinhas. Durante a abertura, Arthur Ohmar revoltado causou uma grande euforia pixando as paredes do Museu.
Para a exposição, Bruno Faria retoma esse fato apresentando uma instalação desenvolvida especialmente para a mostra, que ocupa todo o salão térreo do Mamam.

17492464_1464360610252438_6039044975831378178_o

(Foto: Stefanie Hessler)

1º e 2º andares: Sugar and Seed
VÁRIOS ARTISTAS
curadoria de Stefanie Hessler

A história do Recife, a maior área metropolitana do Nordeste brasileiro, não pode ser contada sem a história do açúcar e da mão-de-obra. A cana-de-açúcar foi introduzida pela primeira vez no Brasil em 1532, importada pelos portugueses. Com a maioria das plantações situadas em Pernambuco, a colônia logo se tornou o principal produtor de açúcar de todo o mundo, acelerando a prosperidade econômica do país—ainda que somente compartilhada por alguns. Desde o início, os colonizadores europeus forçaram as populações indígenas a trabalhar nas plantações e, com o declínio do número de trabalhadores devido a doenças introduzidas pelos próprios colonos e por causa das terríveis condições de trabalho, os escravos eram cada vez mais importados da África Ocidental. A taxa de crescimento econômico se tornava assim num princípio ofuscante que se comprometera a renunciar todos os outros. Deste modo, o precipitado desenvolvimento agrícola e comercial da região persistiu na exploração da mão-de-obra humana. Continuar lendo…

SERVIÇO:
Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães (Mamam)
Endereço: Rua da Aurora, 265, Boa Vista, Recife/PE CEP: 50050 000
Exposição Onde Estão as Minhas Obras? de Bruno Faria, salão térreo
Exposição Sugar and Speed vários artistas, 1º e 2º andares
Duração: até a 28 de maio de 2017
Horário de visitação: segunda a sexta, das 12h às 18h, sábados e domingos, das 13h às 17h
ENTRADA GRATUITA

AGENDAMENTOS: as visitas educativas são gratuitas. Agendamento de grupos e escolas pode ser feito através do (81) 3355.6871 ou pelo e-mail educativo@mamam.art.br.

EVENTOS

Card_EuNoMuseu

De 15 a 21 de maio de 2017, acontece a 15ª Semana Nacional de Museus, período em que museus e outras instituições culturais de todo o país, em parceria com o Instituto Brasileiro de Museus – Ibram/ Ministério da Cultura, promoverão atividades especiais em torno do tema sugerido pelo ICOM (Conselho Internacional de Museus): Museus e histórias controversas – dizer o indizível em museus. (Continuar lendo)

unnamed

Dia 21 de maio, às 14h15min., o casal de músicos Paula Bujes e Pedro Huff farão uma apresentação no Mamam como parte de uma miniturnê de divulgação do projeto para produção do CD “Afluências”. Através da campanha catarse.me/cdafluencias, o casal pretende arrecadas R$ 39.741,00, até o dia 21 de julho. Para conferir mais sobre o projeto, acesse a matéria: https://goo.gl/w2eQhR

Foto: Caroline Bittencourt

AVISO: Devido a problemas técnicos o SARAU OFF MAMAM que aconteceria dia 21/05 (domingo) foi cancelado. Agradecemos a compreensão de todos e aguarmos vocês no Museu para acompanhar o restante da nossa programação!

AVISO: Conversa com o Acervo: fotografias e outras linguagens

Card_EuNoMuseu

Dia 15 de maio das 14:00 às 15:30 será promovida a nossa atividade de abertura para a 15ª Semana de Museus. A Conversa com o Acervo: fotografias e outras linguagens, proposta pelo Educativo Mamam e a Gerência de Acervos do Museu, realizará um visita mediada, com o público, no acervo da instituição.

Já foram preenchidas as vagas disponíveis para este encontro. Porém, como houve muita procura, estamos disponíveis para novos agendamentos em outras datas. Quem se interessar pode entrar em contato através do educativo@mamam.art.br.