OFICINA DE FÉRIAS NO MAMAM

O educAtivo MAMAM convida a todos para participarem das oficinas de férias que ocorrerão neste mês de julho, no atelier do museu.

OFICINA DE ESTÊNCIL
O estêncil é um desenho que pode ser contornado através do corte de papel, papelão ou outro material. O molde é usado para imprimir sobre diversas superfícies. A oficina abordará o estêncil como técnica de pintura e como linguagem urbana, surgida dentro do movimento Grafitti.
Quando: 14, 15 e 16 de julho, das 14h às 17h
Público alvo: crianças, jovens e adultos
Investimento: R$ 20,00
Turmas de até 15 pessoas.

OFICINA DE XILOGRAVURA
A xilogravura é uma técnica milenar de impressão de imagens obtidas a partir de uma placa de madeira entalhada. Em Pernambuco é muito usada e conhecida pela produção das capas dos livretos de literatura de cordel. A oficina abordará a técnica da xilogravura que será produzida pelos alunos tendo como mote poesias diversas.
Quando: 28, 29 e 30 de julho das 14h às 17h
Público alvo: crianças a partir de 10 anos, jovens e adultos
Investimento: R$ 30,00
Turmas de até 10 pessoas.

Inscrições e informações:
Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães – MAMAM
Rua da Aurora, 267 – Boa Vista
3232 2188 | 99766765
educativo@mamam.art.br

No Aquário Oiticica

Na próxima quinta-feira, 1º de julho, será inaugurada no Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães – MAMAM, a exposição fotográfica Mitos Vadios, de Solon Ribeiro. Esta exposição é fruto do registro apaixonado da participação de Hélio Oiticica na ação Mitos Vadios, em 1978. Esta ação, idealizada por Ivald Granato, aconteceu em um estacionamento da Rua Augusta, no ano anterior à morte do artista.

A inauguração será acompanhada por um bate-papo com Solon Ribeiro e Paulo Bruscky, artistas que presenciaram as últimas ações de Hélio Oiticica no Brasil. Bruscky foi responsável pela vinda de Oiticica ao Recife, em 1978, onde o artista realizou ações com os seus Parangolés.

SERVIÇO:
O quê
Exposição Fotográfica Mitos Vadios | Hélio Oiticica, de Solon Ribeiro.
Bate-papo com Solon Ribeiro e Paulo Bruscky

Quando
Quinta-feira, 1º de julho de 2010, às 17h30

Onde
Espaço Aquário Oiticica
Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães
Rua da Aurora, 265 – Boa Vista – Recife/PE
(81) 3232.1694

Conclusão da oficina DESIGN SONORO PARA CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

Hoje, no MAMAM, será apresentado o resultado da oficina DESIGN SONORO PARA CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS, Prêmio Interações Estéticas 2009/FUNARTE, ministrada com alunos surdos do Centro Suvag de PE e do Ponto de Cultura Surdas Vozes Visuais.

Programação
Videoarte URBANAS RECIFE (Vídeo ambientado na Praça do Diário e Av. Guararapes)
Instalação áudio-fotográfica PAISAGENS SONORAS
Apresentação do CD LIVRO – A HISTÓRIA DA HUMANIDADE (criação original)
E apresentação da performance teatral A HISTÓRIA DA HUMANIDADE (com dramaturgia baseada no CD livro)

SERVIÇO
Evento: Apresentação dos resultados da oficina Design Sonoro para Contação de Histórias
Onde: Museu de Arte Moderna Aluísio Magalhães – MAMAM
Quando: Terça-feira 08/06/2010
Horário: Das 16h às 19h (quando terá inicio a performance teatral – A HISTÓRIA DA HUMANIDADE)
Custo: Entrada gratuita

Concepção, Assessoria Pedagógica e Coordenação geral
Eli Maria
Artista das artes cênicas, Musica e Audiovisual, Pedagoga, Arte Educadora e Produtora Cultural

Primeira Residência Artística de 2010

Desde o dia 24 de maio de 2010 o artista paraibano Manoel Fernandes está em Recife. Veio para a realização de uma residência artística que acontece no MAMAM NO PÁTIO, até dia 24 do mês de junho. O artista usará o espaço expositivo como atelier aberto pelos 30 dias de residência e neste período, o público visitante poderá acompanhar o processo de construção do trabalho, conversar sobre os conceitos dos mesmos, visualizar e também participar da produção.

Ao final do período de Residência, será inaugurada uma exposição, com o resultado da mesma, que terá duração até 17 de julho de 2010.

Ao longo deste ano, serão realizadas duas residências artísticas, com um artista paraibano e outro cearense, e dois artistas pernambucanos serão enviados para realização de residências no Usina Cultural Energisa(PB) e Sobrado Dr. José Lourenço(CE).

O intercâmbio, entre as três instituições, faz parte do Projeto Residências em Fluxo, que foi contemplado no edital BNB de Cultura, em parceria com o BNDES.

vocês podem acessar um blog do artista aqui.

18 de maio – Dia de Museus

No dia 18 de maio foi comemorado o Dia Internacional de Museus e o MAMAM, partindo da campanha USE SEUS MUSEU, do Fórum de Museus de Pernambuco, convidou dois comerciantes da Rua da União que passaram a tarde vendendo tapioca e coco dentro do Pátio do Museu. No ponto de vendas deles na Rua da União, foi colocado um cartaz, produzido na oficina de lambe-lambe.

Juntamente, foi realizada uma ação com a obra sem título de Marcelo Silveira. Uma esfera irregular de madeira maciça que pesa em média 600kg caminhou da saída da Rua da União do MAMAM até a entrada principal, da Rua da Aurora. A ação contou com a participação de pessoas que passaram no local e resolveram “dar uma mãozinha” aos que empurravam.

O MAMAM gostaria de agradecer a Henrique, vendedor de tapioca, a Gleison Alexandre, vendendor de coco, e a todos os pedestres do entorno por participarem desta ação.