Arte Para Todos – Reunião com os educadores sociais

Após dois meses de atividades do projeto Arte Para Todos, os educadores sociais do IASC e os educadores do MAMAM puderam se reunir na sexta-feira dia 07/10/11 no auditório do Museu, para fazer a primeira avaliação do projeto, trocar experiências, conversar e se conhecer melhor.

O encontro foi dividido em diversas etapas. Iniciou-se com uma dinâmica quebra-gelo, no qual cada educador apresentou um outro educador de uma casa diferente da que ele trabalha. Em seguida foi entregue um pequeno caderno, feito artesanalmente pelos educadores do MAMAM, para os participantes da reunião escreverem suas impressões em relação à reunião e as atividades.

Após a proposta da reunião ser apresentada, os educadores sociais puderam expressar através de uma ciranda improvisada e de cartazes, o que eles viam como postura ideal dos educadores sociais e do MAMAM durante as atividades. Na avaliação foi possível refletir sobre as atitudes de toda a equipe envolvida no projeto. Esse momento foi finalizado com uma “dinâmica do nó”, onde o grande grupo (educadoras do MAMAM inclusas) tentou desaninhar um nó feito com o corpo dos participantes, sugerindo um trabalho em conjunto.

O encontro contou ainda com uma breve pausa para o lanche, que propiciou alguns momentos de reflexão sobre o projeto, além de alguns esclarecimentos sobre as regras do Museu. A equipe de educadores do MAMAM se preocupou também com a produção de uma vivência sensorial dos educadores sociais, na medida em que sugeriu um relaxamento com música, cheiros e sensações, bem na linha do que propõem as exposições atuais no museu.

Mais uma semana de atividades do projeto Arte para Todos

Entre os dias 20 e 30 de setembro, o MAMAM recebeu as crianças e adolescentes dos espaços de fixação do Instituto de Assistência Social e Cidadania da Prefeitura do Recife – IASC, um resultado da parceira entre esses dois equipamentos da prefeitura que vem sendo desenvolvido através do projeto ARTE para TODOS.

Esses encontros, que buscam desenvolver a capacidade de auto-expressão dos usuários, tiveram como objetivo específico a ampliação do repertório visual das crianças, adolescentes e educadores sociais, bem como se buscou compreender o que vem a ser gravura nas artes visuais e possibilitar a vivência técnica da monotipia. Todo o trabalho teve como referência a exposição Eflúvios Artificiais de Mulheres Abstratas do artista pernambucano Daniel Santiago, na qual os visitantes puderam observar, cheirar, tocar, imaginar, experimentar diferentes fontes aromáticas dispostas na mostra, que inclui também 10 fotografias das possíveis mulheres abstratas a que o artista se refere no título da exposição.

O grupo do espaço CICA (que visita o MAMAM todas as terças-feiras) participou da oficina de monotipia, mediada pela arte/educadora do MAMAM no Pátio Goretti Varella. Ela foi convidada pelo projeto para desenvolver o trabalho com os meninos e meninas do CICA e trocar experiências com os outros educadores do MAMAM.

Thayse Limeira e Raíssa Fonseca, estudantes de Sociologia, Pollyanna Queiroz e Jaqueline Cavalcante, estudantes de Artes Visuais, Karla Aparecida, formanda em Pedagogia, a educadora social Rebeka Monita e a coordenadora do educativo MAMAM Juliana Lins formam a equipe do Projeto Arte para Todos.

ARTE PARA TODOS: notícias


Semanalmente o MAMAM vem recebendo as crianças e adolescentes usuários dos equipamentos de fixação do Instituto de Assistência Social e Cidadania da Prefeitura do Recife, através do projeto ARTE para TODOS. No mês de Agosto, eles visitaram a exposição itinerante da 29ª Bienal de São Paulo: Obras Selecionadas e participaram de atividades no ateliê do Museu.

O projeto Arte para Todos tem como objetivo aproximar os usuários e educadores do IASC do universo museológico e das artes visuais, bem como contribuir com o desenvolvimento da auto-expressão, através de uma maior vivência técnica e teórica das artes (não profissionalizante). Como também, possibilitar a troca de experiências entre os educadores do Museu e os educadores sociais, contribuindo com a formação dos mesmos. As educadoras do MAMAM Thayse Limeira, Marília Pinheiro, Karla Aparecida, Pollyanna Queiroz, Jaqueline Cavalcante e Raíssa Fonseca, em conjunto com a educadora social Rebeka Monita e a coordenadora do educativo MAMAM Juliana Lins realizam as pesquisas e desenvolvem as atividades com os grupos nas terças, quartas e quintas pela manhã e a tarde.